Cachoeira do Sul
 
 
 
Histórico

O Seminário Internacional de Educação é um evento já consolidado no Rio Grande do Sul, atingindo este ano a marca de quinze edições, sendo uma a cada ano. O Curso de Pedagogia, proponente desta atividade, organiza o evento, através da coordenação, docentes, acadêmicos e funcionários.

A primeira edição, nos dias 18 e 19 de outubro de 1996, enfocou o tema “A Construção de um Novo Paradigma”, com a participação dos Professores Dr. Rubem Alves, UNICAMP/SP, Ms. Maria Camino Trapero – Montevidéo/Uruguai, Dr. Paulo Afonso Caruso Ronca – São Paulo, Dr. Marcos Villela Pereira – Pelotas, Ruben Martinez - RS. Participaram desta edição 775 professores e acadêmicos.

Na segunda edição, nos dias 26 e 27 de setembro de 1997, a temática enfocada foi “Uma Abordagem Metodológica”, reunindo os docentes: Dr. Carlos Rodrigues Brandão – UNICAMP/SP, Dr. Celso Vasconcellos – São Paulo, Dr. Pablo Gentili – Argentina e Dr. Áttico Chassot – UNISINOS. A ênfase centrou-se em um dos pilares da educação para o século XXI, de acordo com o Relatório de Jacques Delors, isto é, “aprender a fazer”. Nesta edição a participação dos professores foi de 335 participantes.

Nos 21 e 22 de outubro de 1998, o Curso de Pedagogia coordenou a discussão da temática “A Construção do Aprender a Aprender”, na terceira edição do Seminário Internacional de Educação. Contribuíram nas discussões os docentes: Dra. Célia Frazão Soares Linhares – UFRJ/Rio de Janeiro, Dr. Moacir Gadotti – Instituto Paulo Freire/São Paulo, Dr. Lauro Wittmann – UFFSC/Florianópolis, Dr. Sílvio Ancízar Sanches Gamboa – Colômbia e Dr. Neidson Rodrigues – UFMG/Belo Horizonte. Na perspectiva do pilar do conhecimento “aprender a conhecer”, os debates centraram-se na era do conhecimento, ensinar e aprender na sociedade do conhecimento, sala de aula como espaço de investigação e desafio, saberes com sabores, exigências educacionais e novas atitudes docentes. Participaram, neste ano 550 profissionais.

Surgiu, então, a necessidade de ampliar as discussões, repensando a sala de aula como espaço privilegiado de construção, produção e socialização do conhecimento, desenvolvendo habilidades, competências, qualidades e vivência de valores, propiciando a construção da cidadania. Delors (1998) salienta que, para enfrentar os desafios do próximo século, será indispensável assinalar novos objetivos à educação, numa concepção onde todos possam descobrir, reanimar e fortalecer o seu potencial criativo – “revelar o tesouro escondido em cada um de nós”. Isto exige que se ultrapasse a visão puramente instrumental, para que a educação apareça como uma experiência global durante toda a vida.

Sendo assim, a construção da pauta do IV Seminário Internacional de Educação, que ocorreu nos dias 21 e 22 de outubro de 1999, apontou para o terceiro pilar da educação “aprender a viver juntos”, o que nos remeteu à temática “A Construção do Aprender a Conviver”, desenvolvendo a “compreensão do outro, a percepção das interdependências – realizar projetos comuns e preparar-se para gerir conflitos – no respeito pelos valores do pluralismo, da compreensão mútua e da paz” (Delors, 1998, p.102).

Coordenaram as discussões dessa temática educadores renomados: Dr. Antônio Carlos Gomes da Costa, Consultor da UNICEF; Dr. Sílvio Ancízar Sanchez Gamboa, UNICAMP; Dr. Celso dos Santos Vasconcellos, Instituto Libertad; Dr. Rubem Alves, UNICAMP. 617 participantes estiveram presentes neste ano.

Dando continuidade à discussão dos quatro pilares do conhecimento ou quatro aprendizagens fundamentais mencionados pelo Relatório Delors (1998), o V Seminário Internacional de Educação trouxe à discussão dos educadores a quarta via essencial que integra as demais: “aprender a ser”, definindo a temática do evento como “A Construção do Aprender a Ser”. “Mais do que nunca a educação parece ter, como papel essencial, conferir a todos os seres humanos a liberdade de pensamento, discernimento, sentimentos e imaginação de que necessitam para desenvolver os seus talentos e permanecem, tanto quanto possível, donos do seu próprio destino”. (Delors, 1998, p.100). A preocupação com a educação num enfoque global valoriza a interdependência existente entre as diversas dimensões da vida humana, sublinhando o processo educativo como uma construção social interativa que resgata a imaginação, a criatividade, a autonomia, os valores, o raciocínio, a capacidade de interagir, enfim, a construção da cidadania plena.

O V Seminário Internacional de Educação, ocorrido nos dias 19 e 20 de outubro de 2000, reuniu educadores com trabalho reconhecido no cenário nacional e internacional: Dr. Pedro Demo, UnB; Dra. Marília Moroosini, ULBRA; Dr. Francisco Ruiz Aguilera, ICCP – Cuba; Dr. Ruben Alberto Martinez, ULBRA; Dra. Cleoni Maria Barboza Fernandes, ULBRA; Dr. Marcos Villela Pereira, UFPEL; Dr. Joe Garcia, Universidade Tuiuti – Paraná; Ms. Maria Eugênia Turra Gastaldello, UCS; Dr. Frederic Litto, USP. Desta edição participaram 409 professores e acadêmicos e apresentação de 133 trabalhos, numa edição da Mostra Científica do Campus, que este ano ocorreu paralelamente ao Evento.

A sexta edição do Seminário Internacional de Educação dias 3 e 4 de outubro de 2001, contou com a presença de nomes ilustres na área da educação: Dr. José Pacheco – Escola da Ponte/Portugal, Profª Maria Terezinha da Consolação Teixeira dos Santos, Minas Gerais, Dra. Maria Teresa Eglér Mantoan – UNICAMP/SP e Cristiano Goergen Portner, UFRGS, debatendo sobre a temática “Educação: Novos Tempos, Novos Rumos...”. A presença do Professor José Pacheco se efetivou numa parceria com a UNICAMP, trazendo a Cachoeira do Sul educadores de todo o Estado do Rio Grande do Sul, de Curitiba e Maceió, totalizando 364 participantes. Foi publicado um Manual de Resumos com 78 trabalhos inscritos

O VII Seminário Internacional de Educação, realizado de 03 a 4 de outubro de 2002, abordou a temática “Saberes Docentes e Formação Profissional”. Entre inúmeros docentes que qualificaram o evento com suas idéias estavam: Dra. Célia Frazão Linhares – UFF/RJ, Dra. Malvina Amaral Dorneles – UFRGS, Ms. Silvana Lenhenbauer – ULBRA, Ms. Santa Inês Pavinato Caetano – ULBRA, Dr. Marcos Tarciso Masetto – PUCSP, Profª. Neusi Aparecida Navas Berbel - Paraná, Profª. María Cristina Báez de Paredes – Argentina, Ms. Zila Letícia Pereira Rêgo – PUCRS, Profª. Nina Célia de Almeida Barros – UFSM, Dr. Ângelo Machado – UFMG, Ms. Vasco Pedro Moretto – Brasília, Dra. Maria Teresa Égler Mantoan – UNICAMP, Victor Travi de Canela/Rs,Aldo Araújo de Porto Alegre, Emerson Vieira, da UNISINOS. Os 389 participantes inscreveram 114 trabalhos científicos, que foram reunidos em uma publicação em CDROOM.

No ano de 2003, a oitava edição do Seminário Internacional de Educação realizou-se no mês de julho, de 02 a 04 e ganhou a sua logomarca (SI Educa), abordando a temática “A Prática Pedagógica em Foco”, mobilizou os professores e contou com a parceria das Prefeituras de vários municípios. Trouxe para a explanação do referido tema: Prof. Miguel Arroyo – Minas Gerais, Dr. Joe Garcia – Paraná, Ms. María Cristina Báez de Paredes – Argentina, Dra. Beatriz Fischer e Dr. Solon Viola – UNISINOS, Dr. Carlos Rodrigues Brandão – UNICAMP, Dra. Vera Wanmacher Pereira _ PUCRS, Prof. Paulo Caruso – UCPel, Profª. Maria do Carmo Galiazzi – FURG, Prof. Milton Felker – ULBRA. Foram 689 participantes e 57 trabalhos apresentados, reunidos em CDROOM.

A IX edição discutiu a temática “Reencantar o Educador” e foi desenvolvida de 08 a 10 de julho de 2004, no Salão de Atos da ULBRA- Cachoeira do Sul. O evento contou com a participação das Prefeituras Municipais, 24ª Coordenadoria Regional de Educação e SINPRO, como parceiros. Foram palestrantes convidados os professores Thereza Penna Firme, do Rio de Janeiro; Paulo Afonso Caruso Ronca, de São Paulo; Dr Joe Garcia, UTP; Dra Maria Cristina Baez de Paredes; Cláudia Terezinha Quadros, ULBRA- Cahoeira do Sul; Débora Teixeira de Mello, ULBRA- Guaiba; Dra Vivian Edite Steyer, ULBRA- Canoas; Prof. José Guilherme Gothardo, AEC; Dr. Rogério Voser, ULBRA- Canoas; Dra Selma França, ULBRA-Canoas; Profª Eliane Spuldaro, Cachoeira do Sul; Profª Talita de Lourdes Roso de Souza e Liliane Fardin Elesbão, ULBRA- Cachoeira do Sul; Prof. Luis Alberto de Souza Pedroso, CECLIMAR; Drª Vera Wanmacher Pereira, PUCRS; Profª Medianeira dos Santos Garcia, Santa Maria; Profª Maria Isabel Petry Kehrwald, FUNDARTE Montenegro. Este foi a edição com maior número de público: 1400 participantes, sendo apresentados 69 trabalhos científicos que integraram o CDROOM do evento.

O X Seminário Internacional de Educação, cujo tema foi a "Interdisciplinaridade como Forma de Inclusão numa Educação Mundial", foi realizado de 08 a 10 de junho de 2005 e teve a participação especial da Profª Dra Ivani Arantes Fazenda, da PUCSP e Grupo de Pesquisa, constituído de orientandos de Doutorado e Doutores – Gabriel Junqueira Filho, Ivone Foroni, Joe Garcia, Maria Cecília Gasparian, Raquel Miranda, Ricardo Hage, Vera Brandão; Mariana Aranha, Ana Maria Taino, Maurina G. Passos além das presenças ilustres dos professores: Dr Luís Manoel Flores Gonzalez, PUC do Chile e Américo Sommerman da USP. Esta edição reuniu as maiores autoridades na temática interdisciplinaridade e transdisciplinaridade.

De 19 a 21 de julho de 2006 realizou-se a XI edição do Seminário Internacional de Educação: A Prática Pedagógica e o Trabalho na Diversidade, com a participação do Dr José Pacheco, de Portugal. Foram realizados doze cursos específicos com professores: Dra Maria Luiza Xavier, Vivian Edite Steyer, Fabián Mariotti, Marie Jane Carvalho, Cristiane Antônia Hauschild Nicolini,Milton Rodrigues, Rosa Maria Hessel Silveira, Sandra Monteiro Lemos e Rosita Edler Carvalho.

A XII edição discutiu a temática “A Educação como um Cuidar”, sob a ótica dos estudiosos: Ricardo Lindemann, Tânia Ramos Fortuna – UFRGS, Dra. Isabel Cristina Moura Carvalho – ULBRA, Hani Awad, Marcos Vilela Pereira – PUCRS, Dr. Ulisses Araújo – USP, Daniela Lobo, Gessilda Muller – UFRGS, Grupo Só Rindo, Lúcia Salete Celich Dani – UFSM, Dr. Cirpiano Luchesi – Bahia.

A XIII edição do SI Educa com o tema “Indisciplina e violência na escola: cenários e direções”, apresentou novas experiências, o Fórum Especial para os gestores de sistemas e instituições de ensino, com o Prof. Celso Vasconcellos – São Paulo, antes mesmo da abertura do evento e um Fórum Especial com os Coordenadores do Curso de Pedagogia. Uma conversa com pais com o Prof. Joe Garcia - UTP e, ainda, um Colóquio com o Prof. Peter Lucas – New York University (Estados Unidos). A conferência de abertura foi realizada pelo Prof. Alfredo Veiga-Neto ULBRA/UFRGS. Dos nove cursos específicos, participaram: Profª. Fátima Balthazar – Curitiba/PR, Profª. Maria Luisa Merino Xavier – UFRGS, Profª. Débora Dalbosco Dell Aglio – UFRGS, Prof. Eduardo Guedes Pacheco – UNISC/UNICRUZ, Prof. Jader Denicol do Amaral – RS e Grupo Platoon – UFRGS/UFSM. Ainda, os professores Jorge Luiz da Cunha – UFSM e Jayme Weingartner Neto – Ministério Público RS. O público presente foi de 622 participantes.

Dias 08, 09 e 10 de julho de 2009 o Curso de Pedagogia promoveu a XIV edição do Seminário Internacional de Educação, enfocando o tema: “O Mundo que passa por dentro da Escola”, com a participação de 544 professores. Foram apresentados 108 trabalhos científicos. Atuaram como palestrantes, os docentes Antonio Luiz Bahia, Célia Godoy, Domingo Pimienta Barquín, Fátima Balthazar, Jane Patrícia Haddad, Joe Garcia, Maria Luisa Merino Xavier.

Nas quatorze edições já realizadas participaram 9633 professores, coordenaram as discussões 127 docentes e foram apresentados 881 trabalhos científicos. A partir da quinta edição foram realizadas sessões técnicas de apresentação de trabalhos científicos. Os trabalhos científicos foram publicados em manual de resumos na quinta e sexta edição do Evento. A partir da sétima edição foi produzido um CD com os trabalhos científicos. Na oitava edição, o Seminário Internacional de Educação ganhou um logo, o SIEduca. Para comemorar os dez anos do SIEduca foi lançado o site do evento que apresenta os registros a partir da VII edição.